O Centro Cultural São Paulo (CCSP) está recebendo, entre 5 e 14 de outubro, a 4ª MOSTRA DE CINEMA CHINÊS DE SÃO PAULO, realizada pelo Instituto Confúcio na Unesp. A programação deste ano reúne um total de 12 filmes premiados em festivais internacionais e totalmente inéditos no Brasil. A 4ª Mostra de Cinema Chinês é uma realização do Instituto Confúcio da Unesp, em parceria com o Centro Cultural São Paulo e a SPcine. A entrada é totalmente gratuita!

 

mostra de Cinema chinês

 

Mostra de Cinema Chinês

Conduzida por Wang Yao, funcionário da Beijing Film Academy (Academia de Filmes de Pequim), a 4ª Mostra de Cinema Chinês traz um panorama dos cineastas da “Nova Geração da Mongólia Interior” (região autônoma da China), além das retrospectivas do diretores Liu Jie e Qiao Liang. Qiao Liang veio ao Brasil para participar de um bate-papo com o público.

 

Qiao Liang

 

mostra de cinema chinês
O diretor Qiao Liang sendo premiado

Eleito o Melhor Filme no Festival de Moscou em 2017, “Ave Rara”, de Qiao Liang, abriu a Mostra para convidados no dia 4 de outubro. O filme conta a história de um jornalista que, para fazer uma reportagem sobre o aparecimento de uma ave rara, retorna à sua cidade natal. Seu trabalho, porém, põe em risco uma fábrica que é fonte de renda para os habitantes locais. O conflito de interesses desperta a discussão sobre a degradação ambiental.

Na retrospectiva dos filmes de Qiao Liang o público ainda poderá assistir aos longas “Voar” (2006), “Keelung” (2014) e a “A ex-mulher”, que terá sessão seguida de debate com o diretor no dia 6 de outubro (sábado).

 

Liu Jie

 

mostra de cinema chinês
Liu Jie sendo premiado no Festival de Toronto

 

Já a retrospectiva do diretor Liu Jie exibirá os títulos “Esconde-esconde” (2016), “A montanha nevada” (2010), “Juventude” (2013) e “De Lan” (2015), vencedor do Festival Internacional de Shanghai. “De Lan” se passa nos anos 80, onde um jovem imaturo da etnia han se apaixona por uma mulher tibetana casada, envolvendo-se num intenso e complexo caso de amor.

 

A Nova Geração da Mongólia Interior

Completa a programação da Mostra de Cinema Chinês o Panorama “A Nova Geração da Mongólia Interior”, com os filmes “Besta velha” (2017), de Zhou Ziyang, “A ira do silêncio” (2017), de Xin Yukun, “Dizer adeus” (2015), de Degena Yun, vencedor do prêmio de Melhor Roteiro do Festival de Cinema de Tóquio e melhor longa no Festival de Toronto no Canadá, e o documentário “Da San” (2018), de Tong Jiasheng, que fez parte da seleção oficial de 2018 do Festival Internacional da Austrália, Beijing e Montreal (Canadá).  A obra mostra a trajetória de um homem de um metro e dez de altura que sonha em escalar o Monte Everest.

 

Programação

 

mostra de cinema chinês
Cena do filme de Qiao Liang que abrirá a Mostra

 

Sexta-feira, 05/10:

16h00 –  De Lan;

18h00 – A Montanha Nevada;

20h00 – Esconde-Esconde;

 

Sábado, 06/10:

15h00 – A Ex Mulher;

16h50 – Q&A;

20h00 – Ave Rara;

 

Terça-feira, 09/10:

16h00 – Juventude;

18h00 – Dizer Adeus;

20h00 – Besta Velha;

 

Quarta-feira, 10/10:

16h00 – Esconde-Esconde;

18h00 – A Ex Mulher;

20h00 – Da San;

 

Quinta-feira, 11/10:

16h00 – A Montanha Nevada;

18h00 – Keelung;

20h00 – Ave Rara;

 

Sexta-feira, 12/10:

15h30 – Juventude;

17h30 – Voar;

19h30 – A Ira do Silêncio;

 

Sábado, 13/10:

15h30 – De Lan;

17h30 – Voar;

19h30 – A Ira do Silêncio;

 

Domingo, 14/10:

16h00 – Keelung;

18h00 – Dizer Adeus;

20h00 – Besta Velha;

 

(Confira todas as sinopses clicando aqui)

 

Endereço: Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso, São Paulo – SP

Gostou de saber do Festival? Que tal assistir a esse filmes diretamente na China? Então obtenha logo seu visto conosco! Entre em contato com a China Vistos e prepare-se para embarcar em uma viagem inesquecível para esse país fascinante.

Gostou deste conteúdo? Continue conosco também no Facebook!

 

Por Rafael Queiroz Alves

Fontes: Estadão, Instituto Confúcio, IMDB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *