Para os ocidentais, o Natal é a data comemorativa mais tradicional de todas. O Natal é comemorado nas sociedades cristãs há muito tempo e surgiu inicialmente como uma celebração do solstício. A tradição veio mudando e se adaptando aos novos tempos, até chegar no que conhecemos hoje. Impulsionado pelo comércio, é comemorado por diversas pessoas não cristãs, principalmente na Europa e América. A China, por outro lado, tem suas próprias tradições e religiões. Neste texto vamos falar sobre o Natal chinês e como ele é comemorado!

 

 

Religião

O conceito de religião na China é bem diferente do que estamos acostumados no Brasil. Sua civilização começou a cerca de 200 anos antes de Cristo, logo, sua história e tradições trilharam um caminho bem distante do cristianismo. Além do budismo e do taoismo, os chineses têm como “religião” os preceitos do mestre Confúcio. Sem a religião cristã, a maior parte da China não comemora o Natal como o nascimento de Jesus e sim como uma data festiva.

Comemorações

As comemorações natalinas têm suas características próprias em cada região. Como a China tem um histórico de distanciamento cultural e econômico com os outros países, as comemorações natalinas ganharam força apenas nos últimos anos. Com uma economia próspera e grandes cidades cheias de jovens, o Natal hoje é mais disseminado na China.

Nas áreas rurais e menores cidades, o Natal passa despercebido. Nas grandes cidades como Xangai, Pequim e Hong Kong, as decorações natalinas fazem cada vez mais parte do mês de dezembro. Os chineses têm como tradição de gentileza a troca de presentes então a tradição natalinas foi bem aceita. A comemoração, quando ocorre, é feita entre amigos já que a maioria dos pais dos jovens continuam morando em suas cidades natais no interior.

 

 

O que chama mais atenção no Natal na China é, com certeza, a decoração. Mestres em utilização de tecnologias de iluminação como lâmpadas de LED, as decorações natalinas das grandes cidades chinesas costumam impressionar tanto pelo tamanho, a tecnologia e a inovação.

Produtos

O Mercado de Yiwu, conhecido por conter produtos para importação à pronta entrega, é conhecido por ser um local onde é Natal o ano inteiro. A maioria das decorações natalinas, luzinhas, árvores de Natal e guirlandas vendidas em outros países são produzidas na China sob o famoso slogan “made in China”.Apesar de suprir a demanda de decorações natalinas em países de todo o mundo, o Natal só começou a ganhar espaço na China nos últimos anos, apesar de nem chegar perto das festividades do calendário lunar como o Festival de Primavera.

 

 

Por Mariana Madrigali

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *