O que você sabe sobre religião na China? Sabe quais as principais religiões presentes no país asiático? Assim como em qualquer civilização, a religião possui grande importância na China. A nação com a maior população do mundo possui uma grande variedade de religiões, correspondente ao tamanho de sua população. Quer saber mais? Confira a seguir!

 

religião na china 1

 

Na China existem diversas religiões e filosofias, e, entre elas estão, por exemplo, o budismo, o taoismo, o islamismo, o catolicismo, o chamanismo e o confucionismo. Algumas dessas religiões destacam-se de acordo com a região da China. Como exemplo disso, podemos citar o budismo no Tibete. Só antes do fim do século passado, havia cerca de 85 mil estabelecimentos religiosos e quase 100 escolas ou academias destinadas ao estudo da religião, o que mostra a importância da religião na China.

 

A religião na China

Religiões originais da China, como o taoismo, surgiram como correntes filosóficas. Pode-se perceber que essas religiões são mais voltadas a uma postura e ações, do que adorações a deuses. Quanto ao budismo, uma das principais religiões na China, surgiu durante a Dinastia Han.

 

religião na china 2

 

Mesmo que a religião na China hoje em dia seja bem diversificada, durante a história chinesa houve perseguições em massa com certas religiões, como o taoismo. Foi apenas no ano de 1978 que a religião na China tornou-se legal, independente da crença.

 

Budismo

 

religião na china 3

 

Com mais de dois milênios de história na China, a crença budista chegou através da fronteira com a Índia. Com o passar dos anos, o budismo tornou-se uma religião predominante na China. Até 2000, havia cerca de 13 mil templos budistas e milhares de monges pelo território chinês.

 

Islamismo

 

religião na china 4

 

Foi só depois da presença de árabes e persas na China que o Islamismo começou a disseminar-se no país. Mesmo que não seja predominante entre a população chinesa, o islamismo tem uma presença marcante, com mais de 18 milhões de crentes e mais de 30 mil de mesquitas. Nota-se que há uma colaboração do governo chinês com a presença da religião, estabelecendo, por exemplo, cemitérios islâmicos.

 

Cristianismo

 

religião na china 5

 

O Cristianismo disseminou-se após a Guerra do Ópio e tornou-se uma das principais religiões na China. Há uma presença forte de fiéis (aproximadamente 10 milhões), de igrejas (12 mil igrejas) e pregadores (18 mil). Vale destacar também uma forte presença do Cristianismo ortodoxo oriental e do Cristianismo protestante. Mesmo que seja uma das religiões mais seguidas no mundo, essa religião na China ainda é minoritária.

 

Taoismo

 

religião na china

 

Com quase 2 mil anos de história no território chinês, o taoismo iniciou-se como uma corrente filosófica (instruído por uma obra chamada “Tao de Jing”). Hoje em dia, o taoismo possui cerca de 30 mil monges no território chinês.

 

Ateísmo

 

religião na china 6

 

Após mostrar como são as crenças e religiões na China, deve-se dar a devida atenção também à “falta de crença” no país mais populoso do mundo. Isso porque a China, surpreendentemente, é o país mais ateu do planeta (tratando-se de número de ateus). A porcentagem ultrapassa 45% da população chinesa, e um dos fatos que contribui para isso é que o Partido Comunista Chinês não aceita membros que se envolvam com práticas religiosas (o que abrange cerca de 80 milhões de chineses).

E aí, ficou mais curioso ainda sobre a China após conhecer mais as religiões do país? Com a ajuda da China Vistos você pode conhecer de perto o gigante asiático. Entre em contato e saiba mais sobre nossos serviços.

Gostou deste conteúdo? Continue conosco também no Facebook!

 

Por Leonardo Souza Silveira

Fontes: Portal São Franscisco; Wikipedia; História do Mundo; Jardim Secreto; Saber Atualizado; Mega Curioso; Epoch Times; Rainha Maria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *