O visto é um documento exigido para a entrada em de pessoas de determinadas nacionalidades em determinados países. A necessidade do visto é determinada pelo órgão governamental competente e suas mudanças podem ocorrer pelos mais diversos motivos, desde razões políticas, sociais e até econômicas. Por exemplo, países que buscam atrair estrangeiros costumam ter sua entrada facilitada, e vice e versa para aqueles que não incentivam a entrada de estrangeiros. Países pertencentes a um mesmo bloco econômico costumam ter privilégios de trânsito, como ocorre na União Europeia, onde o trânsito de pessoas é livre.

 

Países que NÃO exigem visto para turistas brasileiros

Às vezes os brasileiros precisam de visto para visitar alguns países, às vezes não. Não é o caso dos países membros do MERCOSUL, por exemplo, onde brasileiros podem visitar até mesmo sem passaporte (utilizando apenas o RG).  Ao todo, são 70 países que não exigem visto para turistas brasileiros. Entre eles: Marrocos, Tunísia, África do Sul, Botsuana, Namíbia, Atíngua e Barbuda, Costa Rica, Belize, Panamá, República Dominicana, Itália, Irlanda, Islândia, Hungria, Alemanha, França, Islândia, Espanha, Hong Kong, Malásia, Macau, Coreia do Sul, etc. A maioria desses países não exige visto para uma estadia determinada, excedido esse período o visto passa a ser exigido. Na Alemanha, por exemplo, o visto não é exigido para estadias de até 90 dias.

 

Passaporte brasileiro.

 

Países que exigem visto para turistas brasileiros

Outros países exigem que turistas brasileiros tenham visto para entrada. Cada país tem seu determinado processo de obtenção de visto, alguns sendo mais fáceis e outros mais difíceis. Os custos de cada visto também variam bastante. Para não ter dúvidas, contrate uma assessoria especializada, como a China Vistos. Os países que exigem visto para a entrada de brasileiros são: Árabia Saudita, Afeganistão, Austrália, Brunei, Canadá, Camarões, Catar, China, Coreia do Norte, Cuba, Egito, Gana, Índia, Japão, Líbia, Paquistão, etc. A lista completa você encontra no Portal Consular do Itamaraty, clicando aqui.

 

Exemplo de visto chinês.

 

 

Por Mariana Madrigali

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *