Hoje o blog da China Vistos vai trazer uma grande curiosidade para você, leitor entusiasta do Gigante Asiático: sabia que existem presépios chineses? Não? Então leia mais abaixo!

Um presépio chinês da empresa

Antes de mais nada, já temos um post sobre o Natal na China. Este post é dedicado à apresentação dos presépios chineses. Clique aqui e leia o texto exclusivo sobre o Natal Chinês!

Quem monta o presépio chinês?

Bom, como já falamos em posts anteriores sobre as tradições religiosas da China, já é sabido que a China é um país dotado de uma cultura completamente diferente da que temos no Hemisfério Ocidental (na América Latina e no Ocidente e grande parte da Europa além da ocidental). Especificamente, a China é um país predominantemente confucionista e com uma parcela considerável de budistas entre sua população.

Além disso, após a Revolução de 1949 o país passou por uma profunda transformação em suas instituições e, de fato, elementos de sua cultura antiga foram substituídos pelos princípios materialistas e comunitários que eram impulsionados por Máo Zédōng durante a Revolução Cultural Chinesa. Hoje ocorre certa flexibilização das instituições da China pré-socialista e, desse modo, o confucionismo e certos elementos da cultura tradicional vêm sendo não só resgatados como valorizados e incentivados à integração popular pelo próprio governo.

Uma cena cristã com requintes chineses

Entretanto, diante de tantas transformações e reviravoltas na cultura nacional, os católicos sempre estiveram minoritariamente presentes e até agora têm um pequeno lugar entre os habitantes do Dragão Asiático. Os católicos representam cerca de apenas 1% da população.

Os cristãos católicos são o grupo de pessoas que celebram o Natal de forma rigorosa, respeitando costumes tradicionais, como o de cear apenas após a meia-noite, na virada do dia 24 para o dia 25 (da véspera para o Natal de fato), que se prendem aos hábitos de montar árvore de Natal e, principalmente, de montar presépio e deixar na residência para enfeitá-la e abençoá-la. No caso, o hábito de montar os presépios chineses por parte dos católicos mostra-se como algo imprescindível.

O presépio é uma espécie de “maquete” que serve para representar o momento do nascimento de Jesus, sendo concebido pela Virgem Maria acompanhada dos Reis Magos. Maria é considerada santa pelos católicos, somente, ao passo que os protestantes não reconhecem isso. Do mesmo modo, os cristãos chineses especificamente católicos são o grupo que articula presépios chineses pelo país.

Quem produz os presépios chineses?

Fundada em 1986 por Zhang Wan Long, a fábrica de escultura em madeira Dong Yang é a única do ramo de produção de presépios chineses na China. As obras, todas esculpidas à mão, são feitas de madeira de cânfora de Dong Yang. As esculturas são ricas em significado e incorporam a tradição artística da história da escultura em madeira de Dong Yang.

Projetadas por Zhang, as esculturas constituem sua contribuição para o desenvolvimento da arte cristã chinesa. Nos últimos anos, essas obras foram exportadas para o exterior e foram bem recebidas tanto por cristãos quanto por colecionadores de arte.

Sobre o artista

Inicialmente, nos primeiros anos da fábrica (na década de 80), as esculturas desenvolvidas por Zhang Wan Long eram naturalmente padronizadas na arte cristã do Ocidente. Mas a empresa sentiu que, apesar do fato de que Jesus nasceu no Oriente Médio e tenha parecido ser mais ocidental que chinês, o espírito de Jesus poderia facilmente ser expresso de uma maneira chinesa e em um cenário chinês. Foi com esse insight que Zhang Wan Long se associou a uma equipe disposta a se aprofundar na ideia de realizar obras de arte cristãs com características essencialmente chinesas.

O primeiro projeto, que correspondia a uma “Última Ceia” em um ambiente chinês, foi encomendado em 1989. Jesus foi retratado sentado em uma mesa redonda com seus discípulos no momento de dizer: “Um de vocês vai me trair”. O trabalho foi extremamente bem-sucedido. Outros temas foram escolhidos e esculpidos, incluindo “Jesus Acalmando a Tempestade”, “A Ovelha Perdida”, “O Semeador” (que foi encomendado pelas Sociedades Bíblicas Unidas para ser dado aos escritórios da Área Mundial), etc. Os turistas presentes na China apreciaram o trabalho de Zhang Wan Long e ele realizou trabalhos dedicados a eles: presépios, pequenas esculturas (como o “Semeador”, “Bom Pastor”, estátuas e até alguns projetos especialmente criativos, como uma lanterna de presépio suspensa).

A empresa produz outras esculturas de temas ligados ao catolicismo

Cristãos que viram o seu trabalho ficaram encantados com a sua vontade de esculpir o espírito de Jesus Cristo segundo a estética chinesa, adequado a um cenário chinês. A escultura de Wan Long intitulada “Vida de Jesus” foi exibida em Hong Kong em 2004, nos EUA em 2005 e agora está pendurada em Shanghai nos escritórios da Igreja Protestante Nacional.

Levando mais de três anos para terminar, há 76 cenas dos evangelhos, incluindo mais de 1.000 figuras esculpidas no enorme painel de madeira. Mais recentemente, considerando a fama internacional dos trabalhos de Zhang, uma igreja nos EUA encomendou duas placas (1,5 x 0,75 metros) com o tema “Ministério de Jesus”, que recebeu grande aclamação. Outras peças foram expostas internacionalmente no Museu Nacional de Viena, incluídas em uma exposição itinerante que percorreu a Suécia em 2003-4, na Noruega e nos EUA em várias exposições, incluindo uma no National Church Center ao lado da Riverside Church, na cidade de Nova York.

Um dos aspectos mais agradáveis ​​do trabalho de Zhang Wan Long é que ele está sempre disposto a tornar a imagem de Jesus acessível às pessoas, por exemplo, em seu retrato da “Sagrada Família”, com José abraçando Maria e Jesus com muito carinho. A “Ovelha Perdida” tem um sorriso tímido e sua versão esculpida da Arca de Noé inclui toda a família, não apenas Noé e sua esposa, além de alguns animais não incluídos na cena: águias, pinguins e o amado panda chinês. Não é de admirar que o público ache seu trabalho sedutor e ele tenha recebido sempre grandes elogios.

Envios e Devoluções

A maioria dos itens é enviada dentro de 2 dias após o recebimento do seu pagamento, exceto se a mercadoria estiver em falta. Os clientes internacionais podem escolher qual será o método de entrega (por avião ou por navio). Os clientes em Pequim podem escolher “Pagamento na entrega” para obter entrega gratuita. Há uma taxa de quatro dólares para cada pedido dentro da China.

A empresa ressalta que é um prazer trabalhar sempre para o cliente. Sendo assim, dispõe-se a tirar eventuais dúvidas de clientes para prestar sempre o melhor atendimento e garantir que os produtos sejam entregues com segurança e qualidade.

Acesse o site da empresa: http://www.chinesenativity.com/

E aí, gostou de conhecer os presépios chineses? Então obtenha logo seu visto conosco e visite o Gigante Asiático! Entre em contato com a China Vistos e prepare-se para embarcar em uma viagem inesquecível para esse país fascinante.

Gostou deste conteúdo? Continue conosco também no Facebook!

Por Rafael Queiroz Alves

Fontes: China na Minha Vida, Chinese Nativity

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *