O continente asiático é conhecido por suas tradições e costumes muito diferentes dos ocidentais. Além das diferenças culturais, existem também as diferenças ambientais. Animais como os ursos pandas são notoriamente conhecidos como símbolos da China, mas o misterioso continente asiático abriga uma fauna peculiar e muito interessante. Sabemos que os animais têm grande simbologia na cultura chinesa, como já vimos no post sobre o horóscopo chinês. Este ano de 2020, por exemplo, é o ano do rato.

O grande território chinês, por si só, abrange diversos biomas diferentes. Desde litoral, montanhas, desertos à cenários alagados com rios gigantes. Neste post você vai conhecer um pouco mais sobre a Ásia e os animais que habitam este continente repleto de história.

 

Dugongo

Muito semelhante ao nosso brasileiro peixe-boi ou ao estadunidense manatee, o dugongo é um mamífero aquático gigantesco. Ele habita o oceano Pacífico, podendo ser encontrado também na costa africana oriental. Pode atingir cerca de 500 kg de peso e 3 metros de comprimento. É a única espécie não extinta da família Dugongidae e, ainda assim, é considerada uma espécie vulnerável à extinção. Sua caça é motivada pela sua carne e óleo. Sua alimentação é baseada em pequenos animais e crustáceos.

 

Gato-de-pallas

Considerado o gato mais raro do mundo, é um gato pequeno que habita a Mongólia e a Rússia. Conhecido também como Felis manul, são solitários, noturnos e caçadores. Infelizmente, este lindo espécime está em extinção devido à caça pela sua pele e também para ser animal de estimação. Ainda existem caçadores ilegais mas em países como a Mongólia sua caça e venda ainda é permitida.

Zibelina

Parecendo uma mistura de furão com ursinho, a zibelina talvez seja um dos animais mais fofos que você já viu. É um pequeno mamífero carnívoro encontrado em partes da Europa e Norte da Ásia. Historicamente foi caçado devido ao alto valor de sua pele, considerada item de luxo na Rússia (onde são criados em cativeiro para este fim). Existem diversas variações deste animal, inclusive no Japão.

 

Leopardo-do-norte-da-china

Muito parecido com a onça brasileira, este incrível felino é extremamente raro e quase nunca é visto na natureza. Seu pêlo é um pouco mais longo do que o de outros leopardos. Infelizmente, é uma espécie em perigo de extinção.

 

Leopardo-nebuloso

Nativo dos sopés do Himalaia, em países como Nepal, Índia e China, ao sul do rio Yangtzé. Habitam ambientes florestais densos e úmidos e tem uma das pelagens mais incríveis do mundo animal, em formatos de nebulosas. Sua população é estimada em cerca de 10.000 espécimes, sendo considerada uma espécie vulnerável à extinção. O principal motivo de sua extinção seria a destruição de seu habitat.

Para conhecer mais sobre a Ásia continue acompanhando nosso blog!

 

Por Mariana Madrigali

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *