Já falamos sobre diversos pontos turísticos próximos às três gargantas, como os que estão disponível em Hubei e Chongqing. Agora é hora de falarmos de forma direta sobre a Hidrelétrica das Três Gargantas! Continue lendo e entenda a grandeza da hidrelétrica, como ela funciona e a história de sua produção.

 

Visão panorâmica da Hidrelétrica das Três Gargantas

 

Sobre a grandeza da Hidrelétrica das Três Gargantas

 

Um dos mecanismos fundamentais para o funcionamento da Hidrelétrica
Gerador de energia da Hidrelétrica das Três Gargantas

 

A Usina de Três Gargantas, localizada no Rio Yang-Tsé, além de ser a maior hidrelétrica do planeta, exerce outras duas importantes funções: primeiramente, ela ajuda no controle de enchentes causadas pela dinâmica fluvial da região, e, em segundo lugar, colabora para a facilitação do transporte hidroviário ao longo do Yang-Tsé.

O início de suas obras ocorreu em 1993 e sua conclusão aconteceu em 2012, com 19 anos de trabalho, participação de 40.000 trabalhadores e a um custo estimado em US$28 bilhões. Possui um reservatório de água de mais de 600 km, mais de 2,2 km de comprimento e o topo da barragem é 185 metros acima do nível do mar. O projeto utilizou 16 milhões de metros cúbicos de concreto e aço, o suficiente para construir 63 torres Eiffel. É a estrutura de concreto de maior massa da Terra

Para se ter uma ideia da capacidade de armazenamento desta barragem, se o seu lago artificial for totalmente cheio, aproximadamente 10 trilhões de galões (40 quilômetros cúbicos) de água, a duração de um dia na Terra seria prolongada em 0,06 microssegundos por conta do imenso deslocamento de massa causado. O povo, e principalmente o governo chinês, consideram a barragem um sucesso, pois seus 34 geradores, cada um pesando 6.000 toneladas, produzem uma capacidade total de energia de 22.500 MW, que é energia elétrica suficiente para 60 milhões de chineses, substituindo a queima de 30 milhões de toneladas de carvão por ano.

 

História da Hidrelétrica das Três Gargantas

 

A Hidrelétrica das Três Gargantas em pleno funcionamento

 

A visão desta barragem gigante apareceu pela primeira vez na mente de Sun Yat-sen em O Desenvolvimento Internacional da China , em 1919. No entanto, a construção real da barragem teve início em 1992, quando foi aprovada pelo Congresso Nacional do Povo.

Em 1932, o governo nacionalista, liderado por Chiang Kai-shek, começou o trabalho preliminar em relação aos planos nas Três Gargantas. Em 1939, as forças militares japonesas ocuparam Yichang e fizeram um levantamento da área. Um projeto, o plano de Otani, foi concluído para uma represa na expectativa de uma vitória japonesa sobre a China.

Em 1944, o engenheiro-chefe do Bureau of Reclamation dos Estados Unidos, John L. Savage, examinou a área e elaborou uma proposta de represa para o “Projeto do Rio Yangtzé”. Cerca de 54 engenheiros chineses foram para os EUA para treinamento. Os planos originais citados para a barragem consistiam em empregar um método único para movimentar os navios. Alguma exploração, pesquisa, estudo econômico, e trabalho de design foram feitos, mas o governo, em meio à Guerra Civil Chinesa, interrompeu os trabalhos em 1947.

Após a Revolução de 1949, durante o governo de Mao Tsé-Tung, qualquer trâmite de desenvolvimento da obra foi interrompido. Entretanto, no poema “Tontura” (1956), gravado em 1954, no memorial em Wuhan, Mao Tsé-Tung prevê “paredes de pedra” a serem erguidas a montante.

A construção da Usina de Três Gargantas foi iniciada em 3 de dezembro de 1992. O construtor Wu Chuanlin, com cerca de 50 anos, começou a lidar com a obra em 1996. “Participei da construção de várias obras, e a usina das Três Gargantas é a maior que vi até agora. Tenho honra e orgulho por ter participado desta gigante obra que marca a história chinesa”, Segundo o cronograma de construção, em 2006, foi efetuada a segunda represa provisória, e em 2005, o reservatório começou a encher. A eclusa entrou em funcionamento e o primeiro grupo de geradores começou a funcionar, entrando parcialmente em funcionamento.

Ao ser concluída, a obra das Três Gargantas passou a ter como função a prevenção de enchentes, a geração de energia e a facilitação do transporte fluvial, e, por isso, desempenha um papel importante no futuro desenvolvimento sócio-econômico da China. O povo chinês e o governo estão orgulhosos do sucesso da barragem e consideram que é uma obra-prima da engenharia chinesa. É um farol de energia renovável e substituiu a queima de 30 milhões de toneladas de carvão por ano.

 

Questões ambientais e sociais

 

O social e o natural circundam a obra
As habitações e águas ao redor da Hidrelétrica das Três Gargantas

Ante críticas de movimentos e personalidades ambientalistas, que supõem que a Hidrelétrica das Três Gargantas possa ter causado um aumento de atividade sísmica, ou que, por conta dessas atividades independentes a estrutura possa ruir por si, causando impactos físicos no território chinês ou ainda que a hidrelétrica possa estar matando os peixes da região, a equipe de engenharia responsável pela construção reagiu. Medidas preventivas foram tomadas.

A construção desta obra foi tão grandiosa que muitos se deslocaram para trabalhar nela, muitos mudaram de residência por conta dela e alguns trabalhadores até mesmo se sacrificaram durante o processo de desenvolvimento da Hidrelétrica das Três Gargantas. O esforço humano foi muito considerado pela nação chinesa desde que a obra foi concluída e ainda é lembrado.

Comentando isso, um dos diretores do Projeto das Três Gargantas, Cao Guangjing, disse que a obra é umas das mais difíceis do mundo e da história. Ele explicou:

Temos um complexo controle de qualidade. Primeiro, as construtoras realizam uma auto-avaliação, segundo, há empresas que fazem a supervisão, terceiro, a nossa corporação também vai verificar os resultados dos exames, e quarto, funcionam três centros técnicos e uma comissão de controle de qualidade para realizar o macro-controle em toda a obra. Além disso, a construção está submetida à supervisão de um grupo especial do Conselho de Estado, que inspeciona o projeto duas vezes por ano.

Entre todas as medidas, a mais importante é a instituição supervisora independente. Xu Chunyun, engenheiro que trabalha na entidade de supervisão disse: “Colocamos até 293 supervisores no canteiro da obra, que trabalham 24 horas por dia, assegurando que há sempre um supervisor acompanhando o processo de construção.” Além disso, há quatro auditoras chinesas de prestígio trabalhando no setor, e outras empresas estrangeiras, entre elas a Electricité de France, o Bureau Veritas e a Empresa Spie, também da França e a empresa americana Harza.

 

Visualizando a Hidrelétrica das Três Gargantas

Encerramos o post com um vídeo que nos mostra por diversos ângulos a Hidrelétrica das Três Gargantas. É curto, tem pouco mais de um minuto! Confira abaixo.

 

Deu para sentir a grandeza do Dragão Asiático após ver como a hidrelétrica das Três Gargantas é potente? Ficou com vontade de visitar o país? Com a ajuda da China Vistos você pode conhecer de perto tudo isso! Entre em contato e saiba mais sobre nossos serviços!

Gostou deste conteúdo? Continue conosco também no Facebook!

 

Por Rafael Queiroz

Fontes: Brasil Escola, Igui Ecologia, Youtube, Engenhariae

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *