A arte marcial tem mais de mil anos, data do período pré-histórico e está presente em todas as camadas da cultura tradicional chinesa. Tão importante que deu origem a diversas outras modalidades de artes marciais. Esse conjunto de artes marciais derivadas do Kung Fu (que é considerado mais do que uma arte marcial) é denominado Wushu. O Kung Fu passou por uma revolução no século XX, quando sofreu mudanças, até se tornar um esporte praticado por crianças na escola como exercício físico.

 

Movimentos do Kung Fu.

 

Artes Marciais

A construção da Grande Muralha da China simbolizou uma união de antigas tribos e reinos. Com a união presume-se a paz, logo, foram proibidas todas as formas de luta e armas brancas disponíveis. Essa proibição levou a uma camuflagem da luta ao se assemelhar a uma dança, como ocorreu com a capoeira no Brasil colonial. No ocidente, conhecemos todas as artes marciais chinesas tradicionais como Kung Fu.

 

O protetor dos praticantes das artes marciais é o Kuan Kun.  O Kung Fu teve seu início marcado pelo templo Shaolin, onde se desenvolveu o Kung Fu como defesa aos bárbaros, frequentemente atacando pelo norte chinês.

Foi uma das primeiras artes marciais desenvolvidas em treinamentos foras de combate (em tempos de paz), que serviam de preparação para as futuras batalhas.

 

Benefícios

O Kung Fu tem diversos benefícios para saúde física e mental, inclusive estimula o QI, e era praticado por toda população, sem restrições: mulheres, crianças e idosos inclusos. Hoje o esporte é praticado por mais de 60 milhões de chineses e a cada ano aumentam as possibilidades do Kung Fu ser incorporado as Olimpíadas. Além disso, a prática do Kung Fu alivia sintomas de stress e ansiedade, melhora da atenção e percepção, aprimoramento de reflexos, fortalecimento muscular, ampliação do fôlego e paz social e de espírito.

O Kung Fu é considerado um esporte que vai além da batalha e da luta por que significa “habilidade adquirida com o tempo” ou “conhecimento profundo de um assunto”, sendo uma prática para toda a vida. Estima-se que o legado da prática do Kung Fu tenha mais de 5.000 anos.

 

Por Mariana Madrigali

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *