Aqui na China Vistos já falamos especificamente sobre a Canton Fair, a maior feira multissetorial do mundo, que acontece duas vezes por ano na cidade de Cantão. Inclusive, já publicamos um artigo dando dicas para otimizar a participação do pessoal de fora por lá. Mas ainda não paramos para analisar Cantão (ou Guǎngzhōu) com uma perspectiva que considere e ressalte toda sua grandeza enquanto terceira maior cidade da República Popular da China. Isso, então, é exatamente o que faremos agora: vamos conhecer melhor Cantão!

 

cantão

 

Cantão: cidade global e de valor estratégico

Cantão (ou Guǎngzhōu) é uma cidade da República Popular da China, capital e maior cidade da província de Guangdong. Localizada no sul do país, a cerca de 120 km ao norte de Hong Kong, Cantão é um importante centro portuário do país. Sendo uma das maiores cidades da China, possui o estatuto de sub-província administrativa.

De acordo com um censo realizado em 2010, Cantão possui cerca de 13 milhões de habitantes, figura como a terceira maior cidade da China, depois de Shanghai e Pequim, e é um dos maiores centros industriais, administrativos e financeiros do país, o que justifica a denominação de cidade globalEm 2008, Guangzhou foi classificada como uma “Cidade Global Beta“, segundo estudos da Globalization and World Cities Research Network.

Fundada no século II a.C., logo tornou-se parte do Império da China. Na Idade Média, já comercializava com a Índia e a Arábia. Os portugueses, como um dos povos pioneiros das navegações ultramarinas, monopolizaram o comércio com o complexo portuário da cidade de Cantão em 1511, no início da era moderna e com a ascensão do capitalismo primitivo.

A partir do século XVII, ingleses, franceses e holandeses (nessa ordem) também começaram a negociar com a cidade. Em 1800, os três Estados já realizavam trocas comerciais com Guangzhou. Depois da Guerra do Ópio (1839-1842), durante a Batalha de Cantão (também chamada de “Segunda Guerra do Ópio), a cidade foi ocupada pelos europeus e o comércio deixou de ficar restrito, sendo, assim, autorizado o estabelecimento de uma concessão franco-britânica entre 1846 e 1956.

Apesar da história tumultuosa da cidade, hoje Cantão é, indubitavelmente, uma grandiosa cidade que contribui para que a China mantenha e aumente seu status econômico. Encerrado seu passado triste e marcado por guerras, Cantão funciona hoje de forma automática para que a China continue se expandindo, o que justifica o porquê de ser chamada de “global”.

Cantão, contudo, tem uma posição fundamental dentro do sistema financeiro mundial. Afinal, segundo cálculos baseados em Paridade de Poder de Compra, a economia chinesa já é maior que a dos EUA e, então, é a maior do mundo. Por falar nisso, já escrevemos dois artigos interessantes sobre o crescimento econômico chinês: um analisa como esse fator se relaciona com a internacionalização das universidades chinesas e outro é relativo à melhoria da condição de vida do povo graças a esse ritmo positivo.

Destacada a grandeza de Cantão, este tópico pode ser devidamente encerrado com o vídeo abaixo, que ilustra a percepção das qualidades da cidade de Cantão pelos olhos de um estrangeiro ocidental que protagoniza a viagem. Confira abaixo:

 

 

Quem mora em Cantão fala cantonês

Em Guangdong e, especificadamente em Cantão, as pessoas não falam mandarim; falam cantonês. Embora seja o idioma predominante, não é em toda a China que fala-se mandarim.

Cantonês é um dialeto do chinês Yue. É o idioma oficial de Hong Kong e Macau. Para se ter uma ideia em relação às diferenças com o mandarim, o cantonês possui 6 tons e usa romanização Yale (que não tem qualquer relação com Pinyin).

Ao aprender mandarim, você entenderá o cantonês escrito  —  felizmente a escrita é a mesma  —  porém, não terá nenhuma noção de uma conversa em cantonês. Isso demonstra a complexidade e variedade do idioma “chinês”, que abriga, em si, diversas ramificações.

Neste vídeo abaixo a professora Chen explica perfeitamente, com detalhes, as diferenças entre o mandarim e o cantonês:

 

 

Guangzhou Evergrande Taobao Football Club: um dos maiores times de futebol da China

 

cantão
Felipão ganhou diversos títulos com o Guangzhou Evergrande

 

O melhor e mais rico time de futebol da China pertence à cidade de Cantão. O nome da equipe, fundada em 1954, refere-se ao nome da cidade e à empresa proprietária do time, a Evergrande Real Estate Group. O Guangzhou Evergrande Football Club é campeão da CSL (Chinese Super League). A casa do Guangzhou é o Tianhe Stadium, localizado na cidade de Cantão.

O time não era tão expressivo e poderoso antes de ser comprado pela Evergrande Real Estate Group. A partir desse momento, em 2010, começaram a ser feitas contratações determinantes que tiraram o clube da segunda divisão. Aproveitando os estímulos e incentivos feitos pelo governo chinês e as fortes relações que o país tem com o Brasil, o clube começou a contratar jogadores de times brasileiros, como Muriqui, o argentino Darío Conca (antigo ídolo do Fluminense, que chegou a receber um dos maiores salários futebolísticos do mundo, chegando a ser tão bem pago quanto Messi e Neymar, durante seu período de atividade no Guangzhou Evergrande), Lucas Barrio, Cléo, Elkeson, Paulão, etc.

Empolgada, a empresa patrocinadora, e que comprou o time, chegou a supor que o Guangzhou se tornaria o “Chelsea asiático”, e tentou contratar Kaká, mas não obteve sucesso, já que o jogador voltou para o Milan. O técnico Felipão (famoso por ter vencido a Copa do Mundo de 2002 pela Seleção Brasileira) chegou a ser contratado, atuou por um tempo considerável no time, mas o abandonou no final do ano passado.

Os resultados são claros: o Guangzhou obteve, a partir de 2010, três títulos na Supercopa da China, dois na Copa da China, sete na Super Liga Chinesa (equivalente ao nosso Brasileirão) e dois na Liga dos Campeões da AFC (equivalente à nossa Libertadores da América). Não chegou a vencer nenhum mundial, embora tenha chegado, nas duas vezes que participou do campeonato, na semi-final.

A China Vistos tem um artigo exclusivo sobre este tema. Você pode lê-lo clicando aqui.

 

Torre de Cantão: literalmente o maior ponto turístico da cidade

 

cantão
A iluminação da segunda maior torre do mundo é característica

 

A obra, também conhecida como Torre de televisão de Cantão, é uma torre de observação multi-uso, localizada no distrito Haizhu, na cidade de Cantão. A torre chegou à sua altura máxima em 2009 e foi inaugurada em 29 de setembro de 2010, para os Jogos Asiáticos de 2010. Custou 450 milhões de dólares e foi planejada por dois arquitetos estrangeiros.

A estrutura teve, por um breve período de tempo, o título de torre mais alta do mundo, substituindo a CN Tower, no Canadá, até ser superada pelo Tokyo Skytree, no Japão, em 2011. A Torre de Cantão é a mais alta estrutura da China, a segunda maior torre do mundo e a quarta estrutura autônoma mais alta do mundo. Vale lembrar que, em um top 37 das maiores torres do mundo, a China detém 11 delas na listagem e é o país que mais tem torres gigantes.

O local propicia uma vista maravilhosa. Excursões de turismo para a torre também podem incluir um passeio de barco à noite pelo Rio Pérola. A torre é muito bonita, bem iluminada, com ótima vista da cidade, tem atrações turísticas no topo, lojas de souvenirs, um skydrop para praticar queda livre e um bondinho que anda por fora da torre, ao ar livre.

 

Feira de Cantão: mundialmente relevante, assim como a cidade em si

 

cantão

 

Já mencionamos a Canton Fair anteriormente, certo? Pois bem, é porque, de fato, é o evento que marca a cidade de Cantão nos dias de hoje, pois é realizado nela anualmente. Embora este artigo vise dar um enfoque nas outras grandezas de Cantão, não poderia deixar de ter um tópico sobre a feira. Não vamos focar somente neste assunto, mas ele precisa ser colocado em discussão. Para ler mais sobre a feira, conforme já falamos antes, temos alguns artigos anteriores e específicos que a abordam:

É a maior feira multissetorial do mundo. Em um espaço de 1.185.000 metros quadrados, em sua última edição de outubro de 2017, recebeu a visita de mais 191.000 compradores internacionais, 60.466 estandes, 25.049 expositores chineses e gerou um volume de negócios de mais de 30 bilhões de dólares.

A feira ocorre duas vezes por ano, na primavera e no outono (Abril e Outubro) e é dividida em 3 fases, ou por segmentos. Cada fase é especificamente referente a diferentes tipos de produtos em conjuntos. Veja abaixo a lista que agrupa os produtos correspondentes a cada fase:

 

Primeira fase

  • Bicicletas e Acessórios
  • Computadores e Periféricos
  • Eletrodomésticos
  • Equipamentos de Comunicação
  • Ferramentas Manuais e Elétricas
  • Lâmpadas, Luminárias e afins
  • Louças e Metais Sanitários
  • Máquinas e Equipamentos Grande Porte
  • Máquinas de Pequeno Porte
  • Material de Construção e Decoração
  • Motos e Acessórios
  • Produtos Elétricos e Eletrônicos
  • Produtos Químicos e Minerais
  • Recursos energéticos
  • Veículos e Autopeças
  • Veículos e Maquinas para Construção

 

Segunda fase

  • Artesanato em Ferro e Tecelagem
  • Artigos de Cama, Mesa e Banho
  • Artigos de Cozinha
  • Artigos de Decoração
  • Artigos para Jardinagem
  • Artigos para o Lar
  • Brinquedos
  • Instrumentos Ópticos
  • Móveis para Casa e Jardim
  • Moveis para Escritório
  • Presentes
  • Produtos de Estética
  • Produtos de Higiene
  • Produtos em Pedra e Aço
  • Produtos em Ratan e Aço
  • Produtos em Vidro
  • Produtos para Festas e Brindes
  • Utilidades Domésticas

 

Terceira fase

  • Acessórios de Moda
  • Artigos de Pele
  • Artigos para Esporte
  • Calçados
  • Carpetes e Tapetes
  • Couro e Produtos Relacionados
  • Malas e Bolsas
  • Matéria-Prima Têxtil
  • Material de Escritório
  • Produtos Alimentícios e Nativos
  • Produtos Médicos e para a Saúde
  • Roupas Esportivas
  • Roupa Intima
  • Tecidos para o Lar
  • Vestuário Infantil
  • Vestuário Masculino e Feminino

 

Caso você tenha interesse em participar da Canton Fair, a China Vistos pode te ajudar! Nós possuímos pacotes especiais para você que planeja visitar a 123ª edição da Feira. Confira abaixo e entre em contato conosco!

Embora Cantão se destaque pela Canton Fair, a cidade tem muitas características bastante originais. Quem sabe se esse não pode ser seu próximo destino turístico ao visitar o gigante asiático? Você poderá assistir a alguns jogos de futebol, aproveitar o ambiente de comércio internacional, visitar a segunda maior torre do mundo e até participar da Canton Fair! Saiba que para visitar essa cidade maravilhosa você pode contar com a ajuda da China Vistos. Entre em contato conosco, tire suas dúvidas e o seu visto chinês e boa viagem!

 

Gostou deste conteúdo? Continue conosco também no Facebook!

 

Por Rafael Queiroz Alves

Fontes: Foreign Policy, Guia Canton Fair, Medium, China na Minha Vida, Trip Advisor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *