Você certamente já ouviu falar no AliExpress. Trata-se de uma plataforma comercial que vem chamando a atenção do mundo inteiro devido aos baixos preços dos produtos que anuncia. Ainda não entrou nessa? Entenda melhor mais um reflexo do sucesso econômico chinês e aproveite!

 

aliexpress

 

O que é o AliExpress?

O AliExpress é a plataforma de comércio eletrônico do grupo Alibaba. Foi criado em 2010, vende produtos de cerca de 40 categorias diferentes e hoje atende mais de 200 países.

Muitos pensam que o site vende produtos, mas na verdade vende propaganda e funciona como um intermediador de compras, assim como o Mercado Livre. É uma espécie de “Mercado Livre Chinês”, onde podemos encontrar vendedores que anunciam seus produtos. Além disso, o AliExpress é responsável por fiscalizar esses anunciantes para que sigam todas as regras.

Com o fim de assegurar a satisfação dos seus consumidores, o AliExpress retém o pagamento dos vendedores até o prazo de garantia expirar ou até o vendedor receber o feedback. Assim, a plataforma gerencia as compras e tem total controle sobre todas as vendas.

O mercado chinês, como é sabido, cresce gradualmente e cada vez mais, e o surgimento do e-commerce chinês é mais um reflexo de tal fenômeno.

 

O AliExpress no Brasil

 

aliexpress

 

Em 2013 entrou no ar a versão do AliExpress em português no Brasil. Em 2017, o site gerou mais de 15 milhões de vendas para o Brasil, ultrapassando lojas como Americanas.com e Submarino.com.

O AliExpress já é a terceira loja online em vendas e em reconhecimento de marca no mercado brasileiro. A empresa anunciou que o valor dos produtos comprados no AliExpress.com excedia US$ 4,5 bilhões em 2014. Em volume de compras o Brasil só perde para a Rússia no AliExpress. No entanto a comercialização com o Brasil é relativamente problemática por causa da logística. Os produtos deixam a Ásia em no máximo duas semanas. Mas, mesmo com os impostos já embutidos no preço, o tempo de passagem pela alfândega e, depois entrega pelos Correios, ultrapassa os 30 dias ou mais.

Por que tantos brasileiros fazem compras no AliExpress se têm que esperar um mês para receber seus pedidos? Primeiro, porque o site fornece uma grande seleção de produtos e também pode oferecer um preço muito mais baixo à medida que conecta os produtores diretamente aos consumidores. Os consumidores na América Latina estão acostumados a fazer compras antecipadamente, então eles têm tempo suficiente antes de precisarem dos produtos.

O AliExpress também aceita muitas opções de pagamento local em cada região, incluindo o boleto emitido através da EBANX, que é uma plataforma gratuita para comprar em vários sites internacionais.

Estatísticas interessantes:

  • 60% dos clientes brasileiros são mulheres que adquirem itens de moda e acessórios.
  • O volume de encomendas de pequeno porte vindas da China aumenta 100% ao ano.
  • O site contava com mais de 7 milhões de brasileiros até dezembro de 2016.

 

Comprando com segurança

 

aliexpress

 

É necessário tomar cuidado ao comprar pelo AliExpress, pois, embora o site, enquanto mediador de compras, seja confiável, os vendedores individuais devem ser avaliados previamente. Portanto, sempre verifique a reputação do vendedor antes de comprar um produto dele. Além disso, cheque o feedback da mercadoria e leia os comentários na página dela. Ambos os procedimentos são fundamentais para comprar com segurança.

Outro procedimento importante é verificar o prazo da entrega, dialogar com o vendedor e, caso seja necessário, abrir uma disputa. Você também pode rastrear a mercadoria!

 

Acesse o site do AliExpress em português clicando aqui.

 

Que tal fazer umas compras pelo AliExpress? Se você agora entende porque a China é tão interessante, pode conhecê-la pessoalmente com a ajuda da China Vistos. Basta entrar em contato e conhecer nossos serviços.

Gostou deste conteúdo? Continue conosco também no Facebook!

 

Por Rafael Queiroz Alves

Fonte: E-commerce Brasil, Alizila NewsRoom – Alibaba Group, Escola Importar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *