A partir do último dia 1 de outubro, a China passou a emitir vistos mais rápidos e longos para brasileiros, tanto vistos de turismo, quanto de negócios. Quer saber mais sobre o novo visto para China? Confira abaixo!

 

Visto para China: brasileiros agora podem adquirir o visto mais fácil e por mais tempo

Em setembro, o governo brasileiro assinou um acordo de facilitação de vistos com o governo chinês. O documento, publicado no dia 11 de setembro no Diário Oficial da União, passou a valer a partir dessa semana.

 

visto para China

 

Assim, o Consulado da China passou a emitir vistos mais longos e rápidos para brasileiros interessados em visitar o país, não apenas para turistas, mas também para pessoas que procuram estabelecer negócios com o país. O visto para China, que antes tinha validade de apenas três meses, passou a ter validade de cinco anos. Além disso, os serviços consulares devem passar a emitir os vistos dentro do prazo de cinco dias úteis.

As regras valem para viajantes de ambos os países, mas, por parte do governo brasileiro, o acordo visa principalmente os turistas chineses; isso porque os chineses somaram, em 2016, 135 milhões de viajantes em todo mundo. Segundo a Organização Mundial de Turismo (OMT), a China é, portanto, a maior fonte de turistas internacionais no mundo desde 2012. Os chineses não apenas compõem a maioria dos turistas, mas também são os que mais gastam, à frente de americanos, alemães, britânicos e franceses.

 

visto para China

 

Mesmo diante desses números exorbitantes, pouco mais de 50 mil turistas chineses viajaram para o Brasil em 2016. O número de turistas chineses no Brasil em 2016 foi ainda menor que o de brasileiros na China em 2015; de 93 mil turistas. O acordo estabelecido entre Brasil e China é defendido pela OMT, pois segundo a Organização, diversos estudos comprovam uma ligação entre a facilitação de vistos como forma de estimular o turismo e o crescimento econômico. Por isso, o acordo entre o governo brasileiro e o chinês, que estabelece o novo visto para China, é tão importante para os dois países.

 

Regras do acordo de facilitação de visto

Segundo o acordo assinado entre as duas nações, o novo visto para China estabelece múltiplas entradas com período de estada de 90 dias renováveis por até outros 90 dias, a cada 12 meses. Além disso, o Ministério do Turismo brasileiro credenciou 316 agências brasileiras a receberem turistas chineses em 2017, de acordo com a legislação brasileira e as determinações do governo chinês.

 

visto para China

 

Para adquirir o novo visto para China, em conformidade com o acordo assinado entre ambos os países, o cidadão brasileiro deve apenas ter um passaporte válido por, no mínimo, um ano. Caso a pessoa possua um passaporte com validade inferior a um ano, o Consulado liberará uma ou duas entradas na China.

Gostaria de mais informações? Quer adquirir seu visto para China? Entre em contato com nossa empresa através do nosso Fale Conosco, do nosso Facebook, ou através de nossos telefones: (11) 4752-2640 ou (11) 9 9669-4098.

 

Por Ana Yamashita

 

Fontes: Gazeta do Povo

  • Deixa eu ver se entendi.
    Então cada entrada da direito de 90 dias ? Não mais só 30 dias ? Podendo permanecer em território chinês por até 180 dias por ano ?

  • Deixa eu ver se entendi.
    Então cada entrada da direito de 90 dias ? Não mais só 30 dias ? Podendo permanecer em território chinês por até 180 dias por ano ? Ou com este novo visto pode ter varias entradas no Ano ?

    • Olá, Paulo Henrique. Como vai? Primeiramente, muito obrigado por acessar nosso blog! Sobre as suas dúvidas relativas ao novo visto: ele tem validade de 5 anos, 90 dias consecutivos e entradas ilimitadas na China. Isso significa que você pode ficar quanto tempo quiser na China (dentro dos 5 anos de validade do visto), desde que a cada 90 dias, saia e entre novamente. Por exemplo, se você quiser ficar 1 ano na China, basta a cada 90 dias (3 meses) sair do país (indo, por exemplo, à Hong Kong ou Macau) e entrar novamente, permanecendo por mais 90 dias, e assim por diante… Não existe limitação de entradas na China, apenas esse limite de 90 dias consecutivos. Ou seja, caso queira ficar 1 ano na China, pode a cada 3 meses sair e entrar novamente, somando, portanto, nesse caso, 4 entradas no país. Ficou claro? Mais dúvidas, não hesite em nos perguntar!

      • Perdão, mas a interpretação está errada.
        O acordo é bem claro, quanto ao período de permanência, conforme transcrito abaixo. Assim o período máximo de permanência na China é de 180 dias a cada ano, só podendo voltar após decorridos 12 meses da primeira entrada.

        2. A Embaixada e as Repartições Consulares da China concederão
        vistos com prazo de validade de até 5 (cinco) anos, com
        múltiplas entradas, para um período autorizado de estada de até 90
        (noventa) dias, renováveis se necessário, desde que o prazo máximo
        de estada não exceda 180 (cento e oitenta) dias a cada período de 12
        (doze) meses, contados a partir da data da primeira entrada, aos
        nacionais brasileiros que viajam a turismo ou para visitar familiares
        ou amigos na China.

        • Olá, Gabriel, obrigada pelo comentário. Na teoria seria isso mesmo. Ele poderá entrar quantas vezes quiser na China, contando que não ultrapasse 180 dias anuais na China. Ele poderá entrar 02 vezes e ficar 90 dias por entrada, ou entrar 10 X na china e ficar 18 dias cada entrada.

  • Pingback: Isenção de vistos para os Emirados Árabes Unidos - China Vistos

  • Boa tarde!

    Farei uma viagem para a Ásia em março, onde passarei pela China para turismo e estou com as dúvidas abaixo:

    Chegarei de origem Detroit a Pequim e ficarei em Pequim por 73 horas e então partir para Bangkok – Posso solicitar isenção de visto 72 horas? Acredito que a hora de chegada do voo até a imigração já dê as 72 horas ou menos.
    No meu voo de Pequim para Bangkok, farei uma conexão de 3 horas no aeroporto de Guangzhou – Devo solicitar novamente a mesma isenção de visto 2 vezes (contando que a primeira vez é a chegada em Pequim)?
    Na volta, Terei origem de Kuala Lampur para Shanghai, onde ficarei por 5 dias em Shanghai e então devo solicitar visto de turismo para 1 entrada. Existe problema de eu ter saída ao invés de Shanghai, ser em Pequim com este visto de turismo, já que minha passagem de volta para Detroit é por Pequim.

    Tenho as passagens aéreas e assentos já confirmados.

  • Pingback: Taiwan: saiba tudo sobre o visto, como e onde adquirir - China Vistos

  • Sou funcionaria e um jogador aqui no brasil,ele é brasileiro e joga futebol para um time chines,este mes vou para china trabalhar na casa dele .quanto tempo me é dado o visto? Também posso entrar e sair por 5 anos;por eu ser brasileira?

    • Maria José, no caso de visto de trabalho, as normas são diferentes. Entre em contato com nossa empresa através do nosso Fale Conosco, do nosso Facebook, ou através de nossos telefones: (11) 4752-2640 ou (11) 9 9669-4098 para maiores dúvidas à respeito.

  • Pingback: Hong Kong: próspera, diferenciada e promissora - China Vistos

  • Pingback: Dicas para você que vai viajar para a China - China Vistos

  • Pingback: África e China: relação de benefício mútuo - China Vistos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *