Pensando em ir para a Índia? Pois saiba que os brasileiros necessitam de visto para entrar no país. Confira agora tudo o que você precisa saber para garantir seu visto e viajar com tranquilidade para a Índia!

Se o intuito da sua viagem é o turismo ou os negócios, você possui duas possibilidades para retirar o seu visto: o Visto Eletrônico (e-Visa) e o Visto Tradicional. Ambos possuem “vantagens e desvantagens” e para decidir-se, você deve procurar aquele que melhor serve às suas necessidades.

 

índia

 

Tenha em mente que, para entrar na Índia, independente da modalidade do seu visto, você deve apresentar o Certificado Internacional de Vacinação contra a febre amarela e malária. Aos viajantes que pretendem permanecer na Índia por períodos mais longos, recomenda-se também a vacinação prévia contra hepatite A/B.

 

Visto Eletrônico (e-Visa) para Índia

 

índia

 

O Governo da Índia concedeu aos cidadãos brasileiros a facilidade do Visto Eletrônico (e-Visa). Para que você possa usufruir desta facilidade, deve ter unicamente como motivação de sua viagem o turismo (e-Tourist Visa), negócios (e-Business Visa) e tratamento médico (e-Medical Visa). Além disso, para adquirir esta modalidade de visto, seu passaporte deve ter validade mínima de seis meses e, ao menos, duas páginas em branco. O Visto Eletrônico permite estada de, no máximo, 60 dias na Índia e não poderá ser prorrogado (exceto na categoria de tratamento médico, e-Medical Visa).

 

Categorias do Visto Eletrônico (e-Visa)

  • Visto Eletrônico de Turismo (e-Tourist Visa): serve aos visitantes cujo propósito seja recreação, visitação de pontos turísticos, visitas casuais a amigos ou parentes, ou ainda cursos de yoga de curta duração. Esta categoria permite estada de, no máximo, 60 dias na Índia, não prorrogáveis, e possibilita até duas entradas no país. Os cidadãos, que desejem entrar na Índia com o Visto de Turismo Eletrônico (e-Tourist Visa), devem, obrigatoriamente, chegar por um dos 24 aeroportos ou 3 portos marítimos autorizados. Aeroportos: Nova Déli, Mumbai, Kolkatá, Trivandrum, Bangalore, Hyderabad, Cochin, Goa, Ahmedabad, Amritsar, Gaya, Jaipur, Lucknow, Trichy, Varanasi, Calicut, Mangalore, Pune, Nagpur, Coimbatore, Bagdogra, Guwahati, Chandigarh. Portos marítimos: Mangalore, Cochin, Mumbai, Goa e Chennai.
  • Visto Eletrônico de Negócios (e-Business Visa): serve aos visitantes cujo propósito seja a busca de clientes ou fornecedores, participação em feira comercial, reuniões de negócios, e demais finalidade permitidas normalmente pelo Visto de Negócios. Esta categoria permite estada de, no máximo, 60 dias na Índia, não prorrogáveis, e possibilita até duas entradas no país.
  • Visto Eletrônico de Tratamento Médico (e-Medical Visa): serve ao visitante cujo propósito seja tratamento médico, inclusive sob o sistema medicinal indiano. Esta categoria permite estada de 60 dias na Índia, prorrogáveis por até seis meses, segundo a análise individual do caso pelo FRRO/FRO, e possibilita até três entradas no país.

 

Como solicitar o Visto Eletrônico (e-Visa) para China

  1. Antecedência: o e-Visa deve ser solicitado no período de 120 dias anteriores à sua chegada à Índia. Os solicitantes devem solicitá-lo com antecedência mínima de quatro dias em relação à data de desembarque no país.
  2. Upload de documentos e foto: durante o processo de solicitação online, o requerente deve fazer upload de uma fotografia recente e frontal do rosto (com fundo branco, sem laterais, modelagens, poses, ou sombras, borradas, em formato JPEG, tamanho entre 10 Kb e 1 MB, altura e largura iguais, – aconselha-se tirar a foto em loja especializada em fotografias), além das páginas do passaporte em que estejam a foto e os dados pessoais (como nome, data de nascimento, nacionalidade, data de validade do passaporte, etc.). A solicitação é passível de rejeição se o passaporte e a fotografia inseridos não estiverem legíveis e conforme as especificações exigidas.
  3. Taxa: o solicitante deve pagar a taxa indicada por passageiros, além dos encargos dos cartões de débito/crédito. A taxa deve ser paga com antecedência mínima de quatro dias em relação ao desembarque na Índia. Uma vez paga, a taxa não será reembolsada.
  4. Impressão: o solicitante deve imprimir e portar consigo a Autorização Eletrônica de Viagem (ETA), enviada por e-mail. Este papel deve ser entregue às autoridades competentes no aeroporto indiano de chegada. As informações biométricas do solicitante serão, então, coletadas pelo Serviço de Imigração em sua chegada à Índia.

Para solicitar seu Visto Eletrônico (e-Visa) para a Índia, clique aqui.

 

Visto Tradicional para a Índia – Turismo e Negócios

A partir de 2017, o processo para solicitação de vistos para a Índia sofreu alterações. Desde o dia 17 de abril de 2017, é obrigatória a presença de todo solicitante na Embaixada da Índia em Brasília ou no Consulado Geral da Índia em São Paulo, para a coleta de dados biométricos. Essa coleta é realizada uma única vez, então, caso você já tenha realizado para adquirir seu visto anteriormente, não precisará mais coletar suas digitais para a renovação do seu visto ou para requerer visto de outra modalidade.

 

índia

 

Somente solicitantes menores de 12 anos ou maiores de 70, solicitantes com passaportes oficiais, solicitantes com passaportes diplomáticos, solicitantes com passaportes da ONU ou em casos particulares, decididos pela Missão Índia no Brasil, estão isentos de biometria. Todos os demais casos deverão comparecer pessoalmente para a coleta da biometria.

A Embaixada da Índia em Brasília atende residentes dos Estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins. Já os moradores de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul devem comparecer ao Consulado Geral da Índia em São Paulo.

 

Visto de Turismo

Para solicitar seu Visto de Turismo para a Índia, os requisitos são:

  • Passaporte com validade mínima de um ano;
  • Passaporte anterior original com visto para a Índia vencido, se houver;
  • Formulário, preenchido online (o formulário deve ser preenchido online e em inglês), submetido com foto (recente e frontal do rosto, com fundo branco, sem laterais, modelagens, poses, ou sombras, em formato JPEG, tamanho entre 10 Kb e 1 MB) e assinado em dois campos (a validade do formulário preenchido é de apenas 20 dias; após este período, o mesmo expira);
  • Duas fotos 5×5 recentes (coloridas, iguais, com fundo branco, sem laterais, modelagens, poses, ou sombras) – tais fotos devem ser as mesmas utilizadas para submeter o formulário;
  • Certificado Internacional de Vacinação contra a febre amarela e a malária – a Embaixada da Índia em Brasília exige o documento original;
  • Autorização preenchida e assinada para revolução do passaporte;
  • Cópia do RNE (para estrangeiros residentes no Brasil);
  • Cópia do passaporte estrangeiro, se o solicitante tiver dupla nacionalidade;
  • Comprovante de residência do solicitante;
  • Taxa para Visto de Turismo;

 

Valores para o Visto de Turismo

  • Taxa para Visto de Turismo (com validade de até um ano e múltiplas entradas): R$ 315,00
  • Taxa para Visto de Turismo (com validade entre um e cinco anos e múltiplas entradas): R$ 630,00
  • Taxa ICWF (Fundo de Bem Estar da Comunidade Indiana): R$: 10,00 – o pagamento é feito separadamente da taxa de visto
  • Taxa para SEDEX (caso o solicitante deseje enviar e receber a documentação pelos Correios): R$ 60,00

 

Visto de Negócios

Para solicitar seu Visto de Negócios para a Índia, os requisitos são:

  • Passaporte com validade mínima de um ano;
  • Passaporte anterior original com visto para a Índia vencido, se houver;
  • Formulário, preenchido online (o formulário deve ser preenchido online e em inglês), submetido com foto (recente e frontal do rosto, com fundo branco, sem laterais, modelagens, poses, ou sombras, em formato JPEG, tamanho entre 10 Kb e 1 MB) e assinado em dois campos (a validade do formulário preenchido é de apenas 20 dias; após este período, o mesmo expira);
  • Formulário adicional preenchido, impresso e assinado (a Embaixada da Índia em Brasília não aceita formulário impresso frente e verso);
  • Duas fotos 5×5 recentes (coloridas, iguais, com fundo branco, sem laterais, modelagens, poses, ou sombras) – tais fotos devem ser as mesmas utilizadas para submeter o formulário;
  • Certificado Internacional de Vacinação contra a febre amarela e a malária – a Embaixada da Índia em Brasília exige o documento original;
  • Carta de apresentação da empresa brasileira em inglês, apresentando o colaborador e estando apta a arcar com todas as despesas;
  • Carta convite da empresa indiana/na Índia;
  • Autorização preenchida e assinada para devolução do passaporte;
  • Cópia do RNE (para estrangeiros residentes no Brasil);
  • Cópia do passaporte estrangeiro, se o solicitante tiver dupla nacionalidade;
  • Comprovante de residência do solicitante;
  • Taxa para Visto de Negócios;

 

Valores para o Visto de Negócios

  • Taxa para Visto de Negócios (validade de até um ano, uma ou múltiplas entradas): R$ 380,00
  • Taxa para Visto de Negócios (validade entre um e cinco anos, múltiplas entradas): R$ 785,00
  • Taxa ICWF (Fundo de Bem Estar da Comunidade Indiana): R$: 10,00 – o pagamento é feito separadamente da taxa de visto
  • Taxa para SEDEX (caso o solicitante deseje enviar e receber a documentação pelos Correios): R$ 60,00

 

Informações Importantes:

  • Cidadãos possuidores de visto de longa duração (validade superior a 180 dias) deverão, ao entrar na Índia, realizar um cadastro no Foreign Registration Office (FRO), num dos portos de entrada ou no FRRO ( Foreign Regional Registration Office) na cidade de destino na Índia, dentro do prazo máximo de 14 dias. O não registro poderá acarretar problemas na saída do país, incluindo multa de até US$ 200,00.
  • O formulário tem validade de apenas 20 dias após preenchimento online, após esse período, o mesmo expira, tendo que ser preenchido novamente.
  • Passaporte vencido com visto válido e de múltiplas entradas, o passageiro poderá viajar com dois passaportes (passaporte vencido com visto válido e passaporte novo).
  • Em alguns casos (caso seja solicitado pelo consulado), após o encaminhamento do processo ao consulado, o solicitante deve passar por uma entrevista com o cônsul, via telefone. Neste caso, no ato da entrevista, deve ser informado sobre o nome da agência e o dia em que o processo iniciado, para, então, dar prosseguimento à entrevista.

 

Embaixada e Consulados Brasileiros no Exterior

 

Embaixada e Consulados estrangeiros no Brasil

 

Não se esqueça que você pode sempre contar conosco, da China Vistos, para tirar seu visto, não só para a Índia, mas para qualquer país! Solicite um orçamento e retire seu visto com comodidade e rapidez!

Gostou deste conteúdo? Continue conosco também no Facebook!

 

Por Ana Yamashita

Fontes: Embaixada da Índia no Brasil, Governo da Índia, Anvisa, Itamaraty, Portal PANROTAS, China Vistos, Tudo Índia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *