Trabalho na China

Trabalho na China

A crise brasileira já vem se prolongando por cerca de dois anos. Englobando tanto a esfera política quanto a econômica, ela já afetou, e continua afetando a vida da maioria dos brasileiros. Atualmente, mesmo com a situação política relativamente mais calma do que no início do ano, a crise econômica ainda deixa muitos brasileiros com um pé atrás na hora de ir às compras, na hora de investir, de viajar, ou na hora de expandir o próprio negócio. Em um cenário como este, com poucas perspectivas de melhora, muitos acabam buscando alternativas fora do país. Para estes, atualmente uma boa escolha é buscar trabalho na China.
img_trabalhe1

Se você está tentando contornar a crise indo para o exterior, ou se conhece alguém que pretende fazê-lo, vale a pena continuar lendo. Ao final, ainda te damos dicas de como aproveitar a riqueza da China sem sair do Brasil, caso você não tenha interesse em deixar o país. Você vai ver que as opções são muitas, e que nem todas são tão difíceis como se pode imaginar ao pensarmos no assunto.

Por que procurar emprego na China?

A China está entre os países que mais cresceram em todo o mundo nas últimas décadas. Por mais de trinta anos, o crescimento econômico da China apresentou uma média de dois dígitos, chegando a aumentar seu PIB em mais de 10% em alguns anos. Um crescimento tão intenso, por um período de tempo tão longo, fez com que a China passasse a ser chamada de “motor do mundo” durante os anos em que mais crescia.

Neste período, uma economia capitalista foi instalada no país, que adota o comunismo como sistema político de governo. Empresas estrangeiras abriram filiais ou escritórios em quase todas as principais cidades chinesas. Empresas chinesas nasceram aos montes, e várias delas cresceram exponencialmente, colocando-se entre as maiores da Ásia e até mesmo do mundo. Fortunas foram feitas, como é o caso de Jack Ma, dono do grupo Alibaba, e de Wang Jianlin, dono do grupo Wanda, que hoje rivaliza com a Disney. Ambos são considerados como sendo os dois homens mais ricos da China.
img_trabalhe2

Jack Ma, empresário que fez fortuna aproveitando o mar de oportunidades oferecido pelo crescimento econômico da China. Essas transformações econômicas não apenas se refletem em números, mas principalmente na realidade prática vivenciada todos os dias pelos chineses em sua vida cotidiana. Shenzhen, por exemplo, cidade localizada próxima a Hong Kong, era uma vila de pescadores há quarenta anos atrás, e hoje possui uma população de mais de 6 milhões de habitantes. Tudo isso em menos de uma geração, devido ao crescimento rápido e às vantagens econômicas comparativas, que fazem empresas dos mais variados setores se instalarem ali.

Mas Shenzhen não é o único exemplo. Oportunidades de trabalho na China é o que não falta em cidades como Pequim, capital da China, Shanghai, uma das cidades mais ricas do país, Guangzhou, onde ocorre a Feira de Cantão (Canton Fair), ou Hong Kong, cidade mais ocidentalizada da China. Entre as cidades mais industrializadas da China, estas são as mais tradicionais, juntamente com Shenzhen, que sofreram maior impacto do processo de industrialização chinês (com exceção de Hong Kong, que se desenvolveu através da influência britânica).
img_trabalhe3

Conheça Shenzhen! Clique aqui e faça um tour por uma das cidades mais ricas da China!
Nos últimos anos, no entanto, o governo chinês vem investindo em cidades localizadas no interior do país, e novos pólos de atração industrial têm surgido. Entre eles, podemos citar Changsha, capital da província de Hunan; Taiyuan (cuidado para não pronunciar como Taiwan, a província separatista conhecida mundialmente), capital da província de Shanxi; e uma das cidades que mais tem crescido na China nos últimos anos: Wuhan, capital da província de Hubei.
Privilegiada por sua localização no centro da China, a cidade fica equidistante dos principais pontos turísticos e industriais do país, além de ser cortada pelo Rio Comprido (Yang Tsé) e pela linha férrea do trem bala. Atualmente, o governo municipal está colocando em prática um programa para transformar Wuhan na nova Shanghai, e seu desenvolvimento é facilmente percebido em qualquer lugar da cidade.
img_trabalhe4

Vista da cidade de Wuhan, uma boa opção para quem busca trabalho na China. Na foto, o Huanghelou, edifício acima da montanha, um dos cartões postais da cidade. Atrás, o Rio Comprido (Yang-Tse)
O desenvolvimento dessas cidades pode parecer um pouco paradoxal, quando se tem em vista que a economia chinesa está passando por um processo de desaceleração. Diferentemente do que acontecia há alguns anos atrás, a China agora cresce a uma taxa de 7% a 8%, menos do que os 10% aos quais o país havia se acostumado. Mesmo ainda sendo uma taxa que causa inveja na maioria dos países do mundo, essa redução vem preocupando alguns analistas, que temem um futuro difícil para o país.
Entretanto, há que se levar dois fatores em conta: 1) a China hoje possui a segunda maior economia do mundo. Crescer a 10% de uma economia que não é tão grande, e crescer a 10% de uma economia que é a segunda maior do mundo são realidades completamente diferentes. Assim, o crescimento atual de 7% ou 8%, muitas vezes significa um crescimento real maior do que o crescimento de 10% de alguns anos atrás. 2) O mundo está desacelerado, se comparado à década passada. E é claro, o que acontece em escala mundial acaba, mais cedo ou mais tarde, afetando a maioria dos países, em maior ou menor escala, não significando, necessariamente, que o problema seja especificamente de um determinado país.
Além disso, o governo chinês já começou a adotar medidas para reavivar a economia chinesa e aumentar os níveis de trabalho na China. Tomando as medidas certas desde cedo, fica muito mais fácil resolver grande parte dos problemas antes que eles se agravem. Por isso, não há dúvidas de que procurar trabalho na China é uma ótima opção para quem não tem perspectivas no Brasil.

Melhores opções de trabalho na China

img_trabalhe5
Agora que você já sabe os melhores lugares para buscar trabalho na China, e já viu alguns casos de sucesso, está na hora de saber que tipos de emprego vale a pena tentar. Muitos ainda imaginam o trabalho na China como sendo aqueles vários funcionários mal pagos, em condições de trabalho horríveis, produzindo em massa mercadorias “Made in China” nas fábricas chinesas. Nada mais longe da realidade! É claro, esta realidade ainda existe em alguns pontos do país, afinal a China tem um território maior do que o do Brasil, e nem todas a regiões estão expostas ao mesmo nível de desenvolvimento.
No entanto, hoje em dia, as opções de trabalho na China são extremamente diversificadas, graças às décadas de desenvolvimento acelerado, mencionado acima. Profissões que envolvem habilidades específicas, treinamento qualificado ou conhecimento de idiomas, são cada vez mais frequentes no mercado de trabalho da China. Os profissionais dessas áreas vem sendo cada vez mais requisitados pelas empresas chinesas, e suas opções de trabalho na China vem crescendo cada vez mais. Abaixo, citamos algumas das principais.

Trabalho na China como tradutor

O trabalho com tradução apresenta muitas variações. Engana-se quem pensa que todos os tradutores têm as mesmas habilidades. Bem diferente disso, cada trabalho de tradução demanda níveis diferentes de habilidade oral, de habilidade escrita, ou de vocabulário. Elencamos abaixo três categorias diferentes para quem quer procurar trabalho na China como tradutor, que são as três categorias mais frequentemente requisitadas no país.
Você, que acha que aprender chinês é impossível, vai ver que nem todo trabalho na China que envolve tradução demanda um conhecimento tão profundo de todos aqueles caracteres complicados, e nem todo trabalho de tradução na China requer uma capacidade de conversação tão fluente como se imagina.

Tradução em Feiras de Negócio na China

A quantidade de Feiras de Negócio na China é gigantesca! O mundo todo sabe que importar da China é barato, e milhões de chineses estão constantemente ávidos por vender seus produtos para compradores estrangeiros. É essa combinação que faz as Feiras de Negócio na China terem tanto êxito entre empresários de todo o mundo. Todos os anos, milhões de importadores estrangeiros vão à China para tentar fechar negócio. A maioria deles sem falar chinês!
img_trabalhe6

A tradução em Feiras de Negócio é uma ótima opção de trabalho na China

É aí que entram os tradutores. O trabalho do tradutor em feiras de negócio requer uma habilidade oral relativamente grande. Pelo fato de os produtos vendidos nessas feiras serem dos mais variados tipos, o número de palavras que o tradutor precisa conhecer também é amplo. Por isso, um conhecimento minimo das características do produto que o cliente está procurando é essencial, além de ajudar muito na hora de explicar para os chineses o que exatamente o cliente quer.

Tradução de documentos

Traduzir documentos, seja do português para o chinês ou do chinês para o português, requer uma capacidade de conversação consideravelmente menor do que as feiras de negócio. O que um tradutor de documentos precisa ter é um excelente vocabulário, não apenas para se fazer entender, mas principalmente para saber qual a palavra mais adequada a utilizar em cada frase.
img_trabalhe7

Na tradução de documentos existe a possibilidade de trabalhar no Brasil também, caso não haja interesse em ir para a China
Em comparação com a tradução em feiras de negócio, a tradução de documentos é muito menos dinâmica, e muito mais analítica e reflexiva. Além disso, o tradutor não necessariamente precisa sair do Brasil para conseguir este tipo de trabalho. A maior parte dos trabalhos oferecidos nesta área são em empresas brasileiras que têm parcerias com empresas chinesas e vice-versa. Se você não quer procurar trabalho na China, pode tentar trabalhar em empresas brasileiras que tenham ligação com empresas chinesas.
Além disso, algumas empresas, tanto brasileiras quanto chinesas, ainda oferecem a opção de realizar todo o trabalho na internet, enviando os arquivos necessários pelo computador

Tradutor em conferências e eventos

img_trabalhe8

Mais uma opção de trabalho na China, a tradução em eventos requer pensamento rápido e preciso
Relativamente parecido ao trabalho de tradução em feiras de negócio, mas com algumas características próprias. Esta categoria de tradução requer um nível de precisão muito mais alto do que as feiras de negócio no momento de repassar a mensagem traduzida. Nas feiras de negócio na China, caso o tradutor não conheça a palavra correta em algum dos idiomas, ainda tem a opção de apontar para os produtos que estão expostos. Em conferências e fóruns esta possibilidade não existe, o que demanda do tradutor pensamento rápido e preciso, além de um ótimo conhecimento de gramática e de vocabulário dos dois idiomas.

Professor na China

Como acontece no Brasil, o trabalho de professor na China não é o que apresenta os maiores salários. Mas ao mesmo tempo, pode ser considerado uma das profissões mais estáveis e regulares do país. Além disso, a média salarial dos professores estrangeiros na China, é consideravelmente mais alta do que a dos professores chineses, permitindo que eles tenham um padrão de vida bem mais alto do que a média da população chinesa.
Abaixo mencionamos os professores universitários e os de idiomas, que são as duas categorias mais visadas pelos professores estrangeiros na China, por serem as que têm mais demanda e que requerem menos burocracia.

Professor universitário na China

Na grande maioria dos casos, não é requisitado aos professores universitários na China que eles saibam falar chinês. A maior parte das universidades chinesas oferece programas de graduação, de mestrado e de doutorado em inglês, o que facilita muito as coisas. Nestes casos, há aqueles que preferem mergulhar na cultura chinesa e interagir mais com os chineses, e que acabam por aprender o idioma do país; e também aqueles que não se interessam muito por esse lado, e preferem a convivência com outros estrangeiros. Duas escolhas à disposição dos que se aventuram pela China.
img_trabalhe9

Os professores universitários na China possuem um dos trabalhos mais estáveis do país
Além disso, grande parte dos contratos assinados entre os professores estrangeiros na China e as universidades em que eles lecionam, já incluem os itens referentes à moradia dos professores, que via de regra fica dentro ou bem próxima à universidade.

Professor de idiomas na China

Esta é a categoria em que a diferença salarial entre estrangeiros e chineses é mais notável. Em média, os professores de idiomas na China que são estrangeiros recebem cerca de duas vezes mais do que os chineses. Se ensinam seu próprio idioma nativo, pode ser que recebam até mais.
img_trabalhe10

Os professores de idiomas na China que são estrangeiros ganham, em média, cerca de duas vezes mais do que os chineses. Isso ocorre devido ao crescimento demasiadamente acelerado da China. O país, que se inseriu no mundo capitalista de maneira tão intensa, ainda não teve tempo de educar sua população no inglês e em outros idiomas de maneira generalizada, mesmo com uma necessidade tão grande. Isso faz com que a demanda por professores de inglês e outras línguas esteja sempre alta. Assim, mesmo que seu salário não ultrapasse o dobro do salário médio dos chineses, você terá trabalho na China praticamente garantido como professor de idiomas.

Comércio Exterior com a China

img_trabalhe11
O trabalho na China como tradutor ou como professor é algo bem específico. Nem todos têm as habilidades ou o conhecimento necessário para atuar nessas áreas. Além disso, professores e tradutores, mesmo se somados, provavelmente não chegam a representar uma grande parcela da população brasileira.
Mas as opções de trabalho na China também se estendem às demais pessoas. Graças aos baixos preços dos produtos chineses, combinados com a importância econômica do país, a China entrou, já há vários anos atrás, para o clube dos principais parceiros comerciais do Brasil. Isso porque cada vez mais empresas brasileiras querem fechar negócio com empresas chinesas.

Não importa a sua profissão, ou o seu cargo. Se você trabalha em uma empresa que tenha ligação com a China, consegue se comunicar em chinês e/ou mantém boas relações com chineses, você vai ser importante para a empresa. Muitas empresas desse tipo, possuem escritórios tanto no Brasil quanto na China, o que, muitas vezes, te dá a chance de escolher onde vai trabalhar.

Por isso, independente de seu cargo e de sua vontade de trabalhar na China ou não, se você trabalha em uma empresa que importa da China, vale muito a pena investir seu tempo aumentando seu conhecimento sobre o país, seu entendimento da cultura chinesa, e seu nível de chinês. Esses fatores podem abrir muitas portas pra você dentro da empresa e na sua própria vida.

Bolsas de estudo na China

“Mas e eu que sou jovem sem experiência no mercado de trabalho? Como faço para conseguir um trabalho na China“? É claro, mesmo com uma economia tão robusta como a chinesa, também por lá é mais difícil para jovens sem experiência conseguir emprego. Neste caso, o mais recomendado é tentar bolsas de estudo na China. Essas bolsas são uma oportunidade excelente para aprender o idioma chinês, conhecer e se familiarizar com a cultura chinesa, enquanto, ao mesmo tempo, o estudante se prepara para o mercado de trabalho na China, ou mesmo no Brasil.
img_trabalhe12

Existem várias opções de bolsas de estudo na China. Graduação, mestrado, doutorado, e cursos de chinês são as mais procuradas por quem quer estudar na China. E neste quesito, o governo chinês é bem generoso. Em geral, os candidatos podem se inscrever para bolsas do governo chinês, dos governos municipais das principais cidades chinesas, bolsas do Instituto Confúcio, entre outras.
Abaixo, fornecemos uma breve descrição das principais bolsas de estudo na China. Caso você queira consultar o site oficial do governo chinês, clique aqui. Nele, você encontra todas as categorias de bolsas de estudo na China, e a descrição completa de cada uma delas.

Bolsas do governo chinês e municipais

img_trabalhe13
Estas duas categorias são bem parecidas, oferecendo basicamente os mesmo benefícios. A diferença é que as bolsas municipais, em alguns casos, podem oferecer ajudas de custo com valores diferentes, dependendo de cada cidade. Além disso, nas bolsas municipais, em muitos casos o estudante precisa escolher entre a categoria de bolsa A ou B, cada uma com benefícios diferentes. Nas bolsas do governo chinês, não existe essa distinção.
Em geral, essas bolsas cobrem os custos do curso escolhido pelo estudante, da hospedagem e, em alguns casos, das passagens aéreas, além de oferecer uma ajuda de custo mensal que varia de acordo com o grau de escolaridade do aluno.

Bolsas do Instituto Confúcio

img_trabalhe14
O Instituto Confúcio foi criado em 2004 pelo governo chinês, com o objetivo de promover a cultura chinesa ao redor do mundo, e disseminar o aprendizado do idioma chinês em outros países. No Brasil, o Instituto Confúcio oferece aulas de chinês para todos os níveis, desde o básico até o avançado. Ademais, oferece diversas bolsas de estudo na China, desde intercâmbios curtos, de um mês, até intercâmbios mais longos, de até dois anos. Para mais detalhes sobre todas as bolsas do Instituto Confúcio, visite o site oficial, clicando aqui.

 

 

Bolsas de universidades chinesas

Estas são as mais variadas, dependendo de cada universidade. O mais recomendado é visitar o site da universidade de interesse e buscar as informações necessárias lá mesmo. Como uma pequena ajudinha, te mostramos as principais universidades da China que oferecem bolsas de estudo. Clique aqui para ver.
img_trabalhe15

As bolsas de estudo na China são uma ótima maneira de aprender o idioma chinês e se preparar para o mercado de trabalho da China.

Ganhe dinheiro com a China sem sair do Brasil

Mesmo com tantas vantagens, perspectivas e benefícios oferecidos pela riqueza da economia chinesa e pelas bolsas de estudo na China, não é todo mundo que tem condições de deixar o Brasil. Seja por problemas na família, ou qualquer tipo de circunstância desfavorável, muitos brasileiros simplesmente não podem ir para a China, mesmo que queiram ir.

Se você está neste grupo, e não pode procurar trabalho na China, mesmo assim ainda tem chances de ganhar dinheiro com o país. Uma opção é a tradução de documentos, já mencionada acima. Mas além disso, todo mundo sabe que os produtos chineses, em sua grande maioria, são mais baratos. Muita gente acredita que a única vantagem disso é comprar objetos para uso pessoal mais baratos e economizar um pouquinho na hora da compra.
img_trabalhe16
Mas cada vez mais brasileiros têm percebido que os baixos preços na China são uma excelente oportunidade de negócio no Brasil. Nos últimos anos, aumentou muito o número de brasileiros que importam da China em grande quantidade, não para uso próprio, mas para revender mais caro no Brasil. Escolhendo os produtos certos para importação, e sabendo quais são os produtos importados mais populares entre os brasileiros, você aumenta muito as chances de êxito nesse negócio.

 

 

Considerações finais sobre o trabalho na China

Como se nota, as opções de trabalho na China são inúmeras. Aqui, citamos algumas das mais requisitadas atualmente, mas na realidade há uma infinidade de outras profissões que facilmente encontram trabalho na China. Em teoria, qualquer profissão é necessária no país atualmente, já que um crescimento tão acelerado demanda, inevitavelmente, conhecimentos de áreas diferentes.
Mas caso não se queira ou não se possa trabalhar na China, ainda há opções à disposição. Estudar na China, ou trabalhar no Brasil em instituições que tenham ligação com instituições chinesas são as melhores escolhas. Assim, acreditamos que, hoje em dia, as oportunidades oferecidas pela China não são apenas grandes em número, mas também em diversidade. Enfim, oportunidades pra todos os gostos.

Por Gabriel Condi, diretamente de Wuhan, Hubei, China
Fontes: Governo municipal de Wuhan; Instituto Confúcio; China Link Trading; China Scholarship Council