Muralha da China

MURALHA DA CHINA CONHEÇA AS ATRAÇÕES POR LÁ

Essa foi minha terceira visita a Muralha da China. Mas com certeza a mais divertida.
A estação de Mutianyu é nova, com uma infraestrutura que eu nem imaginava. Restaurantes chineses e fast foods ocidentais, banheiros, serviço receptivo ao turista e… lojinhas, muitas lojinhas!
img_muralha1

O que nos levou a ela foram as facilidades como o teleférico para subir (e descer, se quiser) e um tobogã, que você controla a velocidade, para descer. Uma delícia!
img_muralha2

O ingresso custa RMB 160,00 (cerca de R$ 75,00) e inclui a entrada no local, o ônibus para chegar a estação do teleférico e o ticket para subir e descer (teleférico e tobogã).
Para quem quer, e gosta, de mais emoção, a opção é subir a pé pelas imensas trilhas, escadas e rampas que a muralha oferece. Pelo mapa vocês podem ver que há inúmeras opções nessa estação de locais a serem visitados.
img_muralha3

Mas nós optamos pelo básico passeio via teleférico. E a descida de tobogã que foi muito divertida! Para mim, ao menos, a muralha não era novidade. Mas além disso havia minha tia com 80 anos que sem esse serviço, realmente ela não chegaria ao topo.
img_muralha4

Como já escrevi aqui, a muralha foi construída para defender as fronteiras da China e assim, ela é ingreme, desigual, os degraus são de altura e largura diferentes para confundir e derrubar o inimigo. As ladeiras, podem não parecer ao desavisado, mas são ingremes o bastante para te fazer notar cada um dos seus músculos da perna! Então para realmente escalar a Muralha da China, seja em que estação for, necessita preparo físico também.
Como chegamos lá
Contratamos um guia: o Xiaowei. Esse rapaz foi indicado por outros brasileiros que estiveram em Beijing, e ficaram super satisfeitos com o trabalho dele. E eu endosso, com louvor. Ele é super atencioso, teve um cuidado redobrado com minha tia (em alguns momentos, achamos que ele queria carregá-la no colo…rs), uma simpatia de pessoa. O preço que ele cobra é justo e nos mostrou alguns detalhes dos outros passeios que fizemos (que depois vou descrever melhor) que eu nunca havia visto e nem sabia sobre. Como o Jardim da Hamonia Divina, dentro do Palácio de Verão.
img_muralha5

No dia da muralha, ele nos levou com o próprio carro. Nos pegou no hotel e a viagem de Beijing até Mutianyu levou 1 hora e meia.
Chegando lá, utilizamos os recursos da estação para locomoção. Até porque os carros não entram. Existe um estacionamento subterrâneo que dá de 1000 a zero em muito shopping que conheço! Coisas de China. Ele nos acompanhou em cada passo, inclusive voltou de teleférico com minha tia, para que pudéssemos voltar pelo tobogã. Super recomendo o serviço desse rapaz!
img_muralha6

Depois do passeio completo, almoçamos num dos restaurantes que há no local. Chinês, claro, Mas a comida deliciosa.
Ah, uma outra super vantagem de contratar o Xiaowei é que ele não vai parando em cada loja na beira da estrada. Sabem aquelas preparadas para turista? Aqui no caminho da Muralha tem muitas… se perde muito tempo, até tem coisas interessantes (claro que cai nessa na primeira visita que fiz em 2005), mas o tempo que se perde lá dentro não compensa. Ainda mais se temos uma viagem com os minutos todos contados. E os preços… absurdos! Realmente para turistas europeus ainda! Rs
img_muralha7
img_muralha8
img_muralha9

Gostaram? Já visitou a muralha? Qual estação que você foi? Se tiver alguma dica mais, deixa aqui para a gente!
Zái Jián!
Ahhhh… eu ia esquecendo!
Dentre esse meu universo de amigos virtuais, outros autores de blogs, pessoas que seguem a gente, sempre aparece alguém especial. E por conta de uma brincadeira com a “Antonia no divã” (que eu nem lembro ao certo qual foi), prometi levar o logo do blog dela à Muralha da China!
E aí está:

Por essas e outras que amo o que faço e as pessoas que, junto com a China, entram na minha vida!

Fonte: Uma China na Minha Vida
Por Manuella Miz – Direto de Pelotas – RS, Brasil.
www.chinalinktrading.com